Nota de repúdio à vitória da Avon no prêmio Boas práticas na Aplicação, Divulgação ou Implementação da Lei Maria da Penha

9 ago

A Liga Brasileira de Lésbicas vem por meio desta manifestar sua indignação com o prêmio dado pela Secretária de Políticas para as Mulheres para a multinacional Avon. A Avon é uma notória exploradora do trabalho feminino. Mantém uma rede de milhares de revendedoras, sua maioria de baixa renda, que trabalham dia e noite sem seus direitos trabalhistas básicos contemplados. Ainda, a Avon vive da exploração da imagem feminina, idealizada em um padrão de beleza irreal que reduz a mulher ao seu corpo. Para alcançar esse padrão, milhões de mulheres se submetem, todos os anos, a intervenções cirúrgicas estéticas e a produtos “embelezadores” com potencial para prejudicar a saúde.

A Avon não está preocupada com o bem-estar das mulheres, sua visão das mulheres se reduz a nos ver como consumidoras de seus produtos caros, produtos estes vendidos sob uma forte propaganda da mulher que só é perfeita e feliz se atender aos padrões de beleza impostos. Desta forma, a Avon é promotora de um tipo de violência contra as mulheres, uma violência sutil, baseada na imposição de uma padrão de beleza impossível de ser alcançado e que leva muitas mulheres à depressão, à busca de cirurgias perigosas que levam muitas mulheres à morte, à gastos exorbitantes com seus produtos de “beleza” e ao suicídio – conseqüência da depressão causada por não atingir o padrão estético propagandeado.

É absurdo que uma Secretaria do Governo Federal, comprometida com a promoção de políticas públicas para as mulheres, premie uma organização que nos exerga como um simples meio de enriquecer mediante a venda de uma beleza idealizada que causa tantos males às mulheres. É absurdo que a Secretaria de Políticas para as Mulheres deixe de premiar organizações sem fins lucrativos efetivamente dedicadas à luta pelas mulheres para dar um prêmio a um grupo com fins estritamente lucrativos sem qualquer intenção de promover o bem-estar das mulheres.

Por tudo isso a Liga Brasileira de Lésbicas repudia o prêmio dado a Avon e não reconhece essa empresa como a favor de nossos direitos.

DIGA NÃO A MERCANTILIZAÇÃO DAS MULHERES

DIGA NÃO A EXPLORAÇÃO DE NOSSA IMAGEM

DIGA NÃO A EXPLORAÇÃO DE NOSSO TRABALHO

Liga Brasileira de Lésbicas

9 de agosto de 2010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: